• blog top

Viagens corporativas: tudo o que seu colaborador precisa saber

Em viagens corporativas é preciso oferecer suporte e segurança ao viajante a trabalho

Diferentemente das viagens a lazer, as viagens corporativas movimentam o Turismo com a finalidade primordial de alcançar objetivos em locais diferentes daqueles em que a empresa está instalada.

É nesta modalidade que o colaborador participa de reuniões, eventos e treinamentos para estreitar relações comerciais e alcançar um mercado mais amplo.

Uma viagem a trabalho é essencial. E, realmente, oferece maiores possibilidades de acordos comerciais se, necessariamente, for bem planejada. Inclusive com relação à segurança do viajante.

Isso porque, mesmo que você não queira pensar no assunto, viagens corporativas quando não contam com um sistema de gestão que oferece suporte em emergências, podem dar dor de cabeça. 

Viagens corporativas

 

Viagens corporativas: emergências e suporte

Estamos sujeitos a diversos imprevistos durante viagens corporativas. Pensando rapidamente, já podemos citar:

  • O trânsito das grandes cidades;
  • Compromissos de última hora;
  • Tempestades;
  • Atrasos;
  • E muitas outras situações que nos levam a pedir ajuda.

Além disso, a segurança e a integridade física do colaborador também são de responsabilidade da empresa e devem ser prioridade na busca por uma boa viagem corporativa.

Por isso, a empresa ou a agência terceirizada para suas viagens corporativas deve oferecer suporte 24 horas, durante todos os dias da viagem. E para qualquer tipo de emergência, seja um acidente ou apenas um atraso.

Canal de comunicação prático

Ideal mesmo é que a empresa ou a agência de viagens corporativas tenha um canal de comunicação prático e rápido. Isso facilita para que o colaborador entre em contato com a empresa e tenha a solução certa.

Acompanhamento

Quando falamos em acompanhamento, nos deparamos com o suporte imediato, rastreabilidade do colaborador. E, também, todo o apoio com documentação, vistos, passaporte, vacinas e todos os tipos de declarações.

Assim, empresa e agência acompanham de perto todos os processos para a viagem corporativa e oferece menor risco de imprevistos.

Resoluções da ANAC

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) esclarece muitas dúvidas quanto a direitos e deveres dos viajantes. Ter conhecimento de alguns tópicos, como reembolsos, atrasos, cancelamentos e outras situações, é fundamental para a segurança.

A empresa deve estar atenta a essas determinações, bem como fornecer orientações necessárias ao viajante. Assim, em momentos de emergência, ele saberá como agir, evitando prejuízos e frustrações.

Planejamento

Não tire conclusões precipitadas. Apesar de ser o último tópico que abordamos, o planejamento de viagens corporativas deve ser o item principal e um dos primeiros a ser elaborado para seus viajantes.

Seu colaborador precisa saber exatamente seus horários, compromissos e localizações, além de indicações do que ele deve fazer. Por exemplo, como chamar um táxi ou optar por outro tipo de transporte, assim como guardar comprovantes de serviços.

Essas diretrizes precisam estar esclarecidas em uma política de viagens corporativas e também em um plano de viagem para que seu colaborador siga e evite maiores imprevistos.

Seus viajantes corporativos costumam estar focados no objetivo da viagem. Por isso, é normal que se esqueçam de diversos itens de segurança, como fazer um roteiro de compromissos e suas localizações.

Portanto, cabe a empresa e a agência responsável pela gestão o planejamento completo e os esclarecimentos ao viajante em viagens a trabalho.

Evite dúvidas e garanta a segurança de seu colaborador e empresa! 

Tags: Viagens corporativas